Mostrando postagens com marcador Painéis. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Painéis. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, agosto 03, 2012

Galpão Enrique Rodríguez no Design Weekend

BANER ENRIQUE SITE 03 - Cópia

O Galpão Enrique Rodríguez participa da primeira edição da Design Weekend SP a realizar-se entre os dias 24 e 26 de Agosto. O espaço de criação e experimentação do artista e designer chileno, radicado em SP desde o ano 1992, está localizado na região do Baixo Augusta.
Com formação em Arquitetura e Desenho Industrial Enrique Rodríguez desenvolve um trabalho que define como Arquitetura de Papel. Inspirado na ópera e nas viagens que realiza pelo mundo, traduz neste espaço um universo pessoal que conjuga música, arte, design e iluminação, tendo sempre o papel como protagonista.
O galpão, uma antiga fábrica de inícios do século passado, foi reciclado e transformado num espaço de trabalho e exposição, onde o público pode conferir diferentes propostas tanto no design como nas artes plásticas.
Nos dias da Design Weekend o Designer apresentará suas novas coleções em papel metalizado, assim como uma instalação de papel reciclado que ocupará uma área do galpão durante os 04 dias de exposição. Com o apoio da música o trabalho apresentará um recurso tecnológico inovador.
Também terá uma artista convidada com uma exposição de ilustrações inéditas e cada final de tarde o espaço terá música ao vivo com piano e voz.

Serviço:
Galpão Enrique Rodríguez
Rua Matias Aires, 61- Consolação
01309-020
São Paulo SP
Tel: 3266-2528
www.enriquerodriguez.com.br
Classificação livre
Gratuito
Horários:
Dia 23 Agosto 10:00 às 22:00h.
Dia 24 Agosto: 10:00 às 22:00h.
Dia 25 Agosto: 12:00 às 22:00h.
Dia 26 Agosto: 10:00 às 18:00h.

quarta-feira, junho 27, 2012

Instalação Enrique Rodríguez no Show Room da Roca

O Show Room da Roca da Avenida Brasil inaugura amanhã uma instalação do designer e artista Enrique Rodríguez e um novo painel em sua ambientação. Todo o show room Roca painéis em stonia e Butterfly em papel japonês. O designer recebeu uma nova encomenda da marca espanhola, painéis para áreas de transição do show room e montar uma instalação em um corredor de transição interno. Para um dos espaços um painel de medidas generosas da linha Indochina. Todo em cores vibrantes como laranjas, vermelhos e lilás fazem contrate com azuis e marrons. O painel pode ser visto em uma das escadas de acesso do show room.

E para o corredor o artista criou uma cortina todas em papel com cores em tom pastel. A cortina está em dois lados do corredor em toda a sua extensão. Uma das faces do corredor é em vidro e a outra recebeu um adesivo branco. O resultado é uma experiência sensorial que envolve cor, forma, movimento em três dimensões. A luz artificial e natural gera efeitos lúdicos e de beleza rara sobre o papel vazado. O traço característico de Enrique aparece em novos desenhos  para a coleção 2012 lançada com exclusividade na Roca. Confira as fotos abaixo.

Show Room Roca

Showroom Roca
Av. Brasil nº  2188 - São Paulo – SP
Tel (11) – 3061-5266

www.br.roca.com

145

Como era antes da intervenção artística de Enrique Rodríguez

134

O artista avaliando o local

128

Nossa equipe em ação no local para a montagem

127

As cortinas começando a tomar forma

137

A seleção das cores antes de começar a pendurar.

140

O espaço sendo preparado.

143144145146147148

Passo passo a montagem e como vai tomando forma e colorido vai invadindo o ambiente.

153154155

A montagem por outro ângulo

167

O resultado final o traço característico da arte de Enrique Rodríguez

168

O resultado de perto na parede branca.

169

E o resultado sobre o vidro transparência e suavidade com personalidade.

151

A assinatura do artista

179

Mais um angulo do corredor.

130

A equipe da Roca preparando a parede para receber a obra.

131

O painel quase instalado.

181

O painel Indochina que esta na escada de acesso. Entregue e instalado no Show Room Roca.

segunda-feira, junho 25, 2012

Enrique Rodríguez visita a Casa Cor.

O designer Enrique Rodríguez visitou a Casa Cor São Paulo neste fim de semana. Foi conferir de perto o resultado da parceria com os arquitetos e ver as novidades da mostra. Na Casa Cor São Paulo 2012 o designer realizou uma parceria com dois escritórios.

O primeiro o do arquiteto Carlos Rossi que utilizou um painel em forma de divisória para suíte duplex projetada pelo arquiteto. Todo em papel preto e com desenhos vazados o painel divisória e um dos destaques do ambiente. O ambiente recebeu o prêmio de melhor espaço do Casa Hotel deste ano.

INFORMOV INDOCHINA

O quarto do bebe de Mayra Lopes também possui dois painéis do designer em papel japonês. Com uma proposta diferente e em tons claros o ambiente recebeu dois painéis butterfly.

CLIENTE IMFORMOV 014

sexta-feira, abril 13, 2012

Clipping Revista Kaza

A Revista Kaza do mês de Abril apresenta o perfil Eco Chic com o artista Enrique Rodríguez. Uma matéria cheia de imagens realizadas no Galpão do artista. Confira a reportagem na íntegra e veja as belas imagens.
CLIPPING REVISTA KAZA CAPA
CLIPPING REVISTA KAZA 01
CLIPPING REVISTA KAZA 02CLIPPING REVISTA KAZA 03CLIPPING REVISTA KAZA 04

segunda-feira, março 26, 2012

O papel Japonês Washi!

O designer e artista Enrique Rodríguez  é um apaixonado por papel. Esta paixão resultou em um trabalho raro e sofisticado que exalta e transforma o papel em obra de arte. Camadas, recortes e uma delicada intervenção manual transformam o plano bi-dimensional em tri-dimensional. Ele denomina esta técnica  ARQUITETURA DE PAPEL. O resultado são obras artísticas moduladas em formatos que podem ser verticais, horizontais, retangulares ou quadrados. Além dos painéis para parede o artista cria divisórias suspensas, jardineiras e cadeiras- esculturas. A linha branca batizada de Butterfly (inspirada na ópera homônima) exalta a delicadeza do papel num desenho orgânico detalhado e delicado que é uma fiel tradução da obra de Puccini. Confira algumas imagens destes trabalhos:
0102
0305
O Washi é um dos matérias explorado por Enrique Rodríguez. Matéria prima de rara beleza e produzida artesanalmente no Japão.
Washi
É a palavra japonesa para os papéis tradicionais, feitos a partir das fibras longas do interior de três plantas. wa (significado: japoneses) e shi (significado: papel). Esta técnica artesanal está desaparecendo, e como no resto do mundo, no Japão estão utilizando máquinas de produzir papel de aparência semelhante que têm qualidades muito diferentes de washi autêntico. A partir de 2008, restavam menos de 350 famílias que ainda se dedicam à produção de papel à mão.
006005
120118
Amostras de folha de Washi delicadas e raras.
Um Pouco da história do Papel Japonês.
Originalmente criado na China no primeiro século, a arte foi trazida para o Japão em 610 dC por monges budistas que produziram para a escrita de sutras. Até o ano 800, a habilidade do Japão na fabricação de papel foi inigualável, e a partir destes primórdios vieram papéis inacreditáveis em sua gama de cor, textura e design. Somente depois do  século 13 que o conhecimento da fabricação de papel chegou à Europa - 600 anos depois que os japoneses começaram a produzi-lo.
Até o final de 1800, havia no Japão mais de 100.000 famílias que ganhavam o sustento com a fabricação de papel feito à mão. Com a introdução na Europa da tecnologia de fabricação de papel industrializado e a procura por papéis de gravura francesa, a produção caiu e no inicio dos anos 80 apenas 479 famílias papeleiras permaneciam e davam continuidade a arte. Hoje, as poucas famílias restantes lutam para competir no mercado mundial com papéis artesanais da Índia, Tailândia e Nepal, onde um menor custo de vida torna possível produzir papéis mais baratos.
Matérias-Primas
As fibras de três plantas, todas nativas do Japão, são usados ​​principalmente na produção do Washi.
Kozo (papel de amora) é dito ser o elemento masculino, o protetor, grosso e forte. É a fibra mais  utilizada, por ser a mais forte. É cultivada pelos japoneses, se regenera anualmente, de forma que nenhuma floresta se esgota no processo.
Mitsumata é o "elemento feminino": gracioso, delicado, suave e modesto. Mitsumata leva mais tempo para crescer e é, assim, um papel mais caro. Ela é originária do Japão e também é cultivada pelos japoneses.
Gampi foi a primeira e é considerada a mais nobre das fibras, conhecida pela sua riqueza, dignidade e longevidade. Ela tem um brilho requintado natural, e é muitas vezes feita em tecidos muito finos usados ​​na conservação de livros e chine-collé gravura.
Outras fibras de cânhamo, tais como, abacá, rayon, crina, prata ou folhas de ouro são algumas vezes utilizadas para a fabricação de papel ou misturadas com outras fibras para efeito decorativo.
Métodos de Produção
Ramos do arbusto (kozo, gampi ou Mitsumata) são aparados e molhados, a casca externa é removida, a casca flexível resistente no interior é laboriosamente separada, limpa é macerada. A adição de fibras trituradas    formando uma solução líquida, combinada com tororo-aoi (raiz de hibisco fermentado) como uma mucilagem, produz uma substância pastosa. É essa "pasta" que é uniformemente espalhada sobre uma tela de malha de bambu (chamado de su ) para formar cada folha de papel. As folhas são empilhadas molhadas, e depois colocadas para secar em madeira ao sol ou em ambientes fechados em um secador quente.
Veja um vídeo que mostra o processo

segunda-feira, janeiro 23, 2012

Mais matérias!

Mais uma matéria sobre o trabalho do Designer enrique Rodríguez. Desta vez uma matéria na Revista Arquitetura & Construção que mostra o restaurante Clos de Tapas. Nele fotos do projeto e dos painéis Indochina em contraste com a parede de pedra. Confira a matéria e conheça o restaurante Clos de Tapas www.closdetapas.com.br.

enrique 004

enrique

enrique 001-1

sexta-feira, janeiro 20, 2012

Vídeo com trabalho de Enrique Rodríguez

O escritório de Sueli Adorni criou uma vídeo montagem para sua vitrine na mostra artefacto de 2009. Neste trabalho a Arquiteta utilizou um painel do designer e artista Enrique Rodríguez. Este foi executado especialmente para o ambiente de acordo com a especificação de Sueli. Confira o vídeo logo abaixo.

IMG_0014bx

quinta-feira, janeiro 19, 2012

Samira Jarouche e Enrique Rodríguez

Férias com design e funcionalidade, esse foi o desafio proposto a arquiteta Samira Jarouche que assina o projeto do Living Versátil para a 9.a Mostra de Decoração do espaço Veja SP que acontece na Riviera de São Lourenço.

Living Versatil - VEJA SP 10

Samira Jarouche adotou como partido principal a integração de ambientes, considerando privacidade para as pessoas em momentos de descanso, porém voltado para um ar praiano mais moderno, um local onde esquecemos do dia a dia do trabalho e cidade mas com todo conforto e tecnologia que possuímos em casa.

Living Versatil - VEJA SP 9

Foram utilizados materiais e móveis com referências naturais e ecológicas, um dos destaques são a parede e o teto que recebem papel de parede que imitam madeira. Painéis em stônia do artista Enrique Rodriguez foram sobrepostos nestas duas faces que contribuem com um efeito todo harmonioso, porém inusitado. A arquiteta se preocupou em montar um ambiente que lembrasse a natureza, a praia, mas priorizando uma decoração limpa com aspecto descontraído.

Living Versatil - VEJA SP 8

A versatilidade de todo o espaço chama atenção dos visitantes, pois o Living é dividido em duas áreas, a sala estar e o quarto o qual transforma-se em uma brinquedoteca. Este quarto possui uma cama retrátil que quando está recolhida libera espaço para a brinquedoteca, mas quando a cama está aberta, esse ambiente torna-se um quarto com privacidade e fechado por uma persiana também retrátil.

Living Versatil - VEJA SP 7

Outro destaque é a automação feita pela empresa Nextthouse. Uma tela de 90” em cristal compõe o home theater e através do celular ou do ipad você pode controlar a iluminação, o que quer ouvir ou assistir. O Living Versátil é todo integrado e muito funcional.

Maiores informações sobre o trabalho de Samira Jarouche http://www.samirajarouche.blogspot.com/

A mostra estará aberta ao público até dia 28 de janeiro, das 16hs as 01hs.

9.a Mostra de Decoração espaço Veja SP

Local: Riviera São Lourenço – SP

Data: de 27 de dezembro 2011 à 28 janeiro 2012

Horário: 16:00hs às 01:00hs

sexta-feira, dezembro 09, 2011

Mais um Cliente Entregue!

Mais um pedido de cliente entregue. Esta vez um projeto no litoral. Uma casa de praia que irá receber quatro trabalhos do artista. São dois painéis Indochina e duas flores da nova linha Wonder Forest. As fotos da residência em breve. Por enquanto veja as imagens antes das obras serem embaladas.

 O painéis Indochina prontos. 
A Flor da Linha Wonder Forest.
Mais uma Flor da Linha Wonder Forest.
A flor da Linha Wonder Forest.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...